domingo, 21 de fevereiro de 2010

CAPÍTULO 6.01 - O TROÇO

(Em um restaurante normal em Maceió, Tom almoçava normalmente enquanto lia as notícias normais em seu jornal. O passado glorioso como Culture Ranger não existia mais e agora nosso herói era um simples assalariado (bem, antes ele também era um assalariado, mas nem tão simples assim...).)

TOM: Eita vidinha mais ou menos...

(O garçon se aproximou da mesa para anotar o pedido.)

LEO: KOEH!... digo: O que vai querer senhor?
TOM: Leo??!
LEO: Olha se não é meu antigo colega de equipe...
TOM: Quer dizer que você está trabalhando como garçon??? De super-herói para garçon... Você sempre se supera, Isauro... Achei que tinha virado call boy lá pelo Rio...
LEO: E você Tom, anda trabalhando em que???
TOM: Errr... Bem, isso não importa! Pare de conversar e vá anotando meu pedido e fazendo seu trabalho!

(Leo então observa o crachá de Tom.)

LEO: Porteiro???? Porteiro e você ainda estava me zuando??? (e começa a rir)
TOM: Isso é um emprego temporário!!!
LEO: Temporário??? Sei, desde a época em que perdemos nossos poderes e o mundo se tornou um lugar normal de novo já faz um bom tempo... porem você não mudou quase nada, quer dizer eu acho que sua barriga cresceu...rs
TOM: OUSADIA!!! Será que você pode anotar logo o meu pedido e trabalhar, ou tá difícil???
LEO: Para de falar comigo assim!! Que eu saiba você não é mais meu chefe!!
TOM: ISAURO!!!
LEO: SOCORRO!!!

(O gerente logo vai ver o que estava acontecendo)

GERENTE: O que se passa por aqui???
LEO: Ele passou a mão na minha bunda!!! (olhando com cara cínica para Tom)
Tom: O QUÊ??!!!! (lança o olhar "você-está-morto-desgraçado-@%##@&¨%@$*#%¨$@#%")
GERENTE: Senhor, lamento informar que não se pode molestar nossas garçonetes e nem... Err... Nossos garçons, vou pedir que se retire.
Tom: Esse moleque está mentindo!!! ELE NEM TEM BUNDA, PRA COMEÇAR!!!E eu sempre como aqui!!!

(Nesse momento,um meteoro do tamanho do restaurante se aproxima em alta velocidade, causando uma grande explosão,que,milagrosamente,não mata ninguém.)

LEO: -cof cof- O que aconteceu? -caido no chão-
TOM: Eu é que pergunto!!! (ai, minha cabeça...) -levantando-se- Ei, o que é isso?

(Tom está segurando um pedaço de metal que o atingiu)

LEO: Sei lá... Parece aquelas coisas eletrônicas...
ALEJANDRO FROTA: Tire suas mãos imundas do troço mágico!
TOM: Troço mágico??? Espera, você não é o Alexandre Brocha???
ALEJANDRO: É Alejandro FROTA!!!
TOM: Ou isso, que seja...
LEO: Veja, Tom, é um dos nossos antigos “amigos”...
ALEJANDRO: Devolva o troço mágico, rapaz, ou sofrerá as consequências!
LEO: Que troço mágico ô Zé ruela?
ALEJANDRO: Esse que é firme, forte, rígido e relativamente grande que esta em suas mão que só pode ser meu, pois parece muito comigo, quando tomo meus medicamentos, ME PASSA LOGO!! (Grita quase em gozo)
LEO: Afff!! Por que você não se contenta em ser um simples ator pornô?? Ainda quer ser vilão??
ALEJANDRO: Me contentar?? O esperado de um simples garçom... Eu tenho sonhos maiores, garoto!
TOM: Seja o que for isso, para você estar atrás desse jeito, não deve ser boa coisa... Eu não lhe entregarei!
ALEJANDRO: Então sofra as consequências! (grita e corre na direção de Tom pronto para acerta-lhe um soco)
LEO: Cuidado, TOM!!!

(Ao falar essas palavras, uma luz forte brilha na frente de Leo, surgindo um aparelho azul parecido com um celular)

LEO: O que é isso???

(Alejandro dá um soco em Tom derrubando-o no chão. Logo Tom levanta furioso)

TOM: Fio duma mãe e dum pai, você não deveria ter feito isso...

(O objeto metálico que Tom carrega emite uma forte luz e desaparece)

ALEJANDRO: Onde está o troço???
TOM: Está em minha alma!
ALEJANDRO: O quê???
LEO: O quê???
GERENTE: O quê???
TODO O RESTAURANTE: O QUÊ???
TOM: Eita povo original... ¬¬ - Prepare-se para o seu fim, Alexandre BROCHA!!
ALEJANDRO: É Alejandro FROTA!!!
TOM: Que seja!
FEUER!!!

(Dos punhos de Tom saem chamas, que tomam a forma de um lobo de fogo, incendiando o vilão)

ALEJANDRO: Eu... EU VOLTAREI!!! AI AI AI... Eu Voltareiiii...

(O vilão corre em chamas pela rua, saindo do campo de visão dos heróis)

LEO: Esse cara é mais chato que a caixa de spam do orkut...

(Tom parece acordar de um transe)

TOM: Mas o que aconteceu?
LEO: É Tom, parece que agora você tem poderes, e eu só ganhei um celular... (mostra o aparelho para Tom)
TOM: Mas isso parece ser um morfador!!!
LEO: Ou pode ser um celular...
TOM: Como um celular iria aparecer do nada???
LEO: Sorteio, dãar!
TOM: Desisto... Hoje o dia não tá pra mim... ai, minha cabeça...
LEO: OU Será q não...
TOM: Pronto, baixou o Catxano nele...

(De repente, o aparelho começa a brilhar e vai para as mãos de Tom)

TOM: UAU, QUE IRADO, VÉI!!!
LEO: NÃO!!! Agora, nem um celular eu tenho! Injustiça!!!

(O aparelho emite um brilho mais forte, e o restaurante é reconstruído, como se nada houvesse acontecido)

GERENTE: Poderiam explicar o que está acontecendo aqui?
TOM: Bem...

(A forte luz continua a brilhar, formando uma esfera iluminada que cobre todos no restaurante, logo desaparecendo)

GERENTE: O que aconteceu aqui?? Eu não me lembro de nada...
LEO: Você está com aminésia?? Bem, o Tom salvou todos nós com seus novos poder... hmmmmmmhuhmmmmmpf... (TOM tampa a boca de Leo)
TOM: Hehehe! Sabe que nós também não?? Vamos sair daqui, Leo, temos que conversar...
LEO: Espera ele fez um pergunta... tenho que responder... EI!!!

(Tom segue puxando Leo e os dois saem do restaurante)

GERENTE: Espera, você ainda está em horário de trabalho!

(Já longe...)

TOM: Precisamos descobrir o que foi isso o que aconteceu aqui...
LEO: Não é simples?? Um novo vilão apareceu e vamos voltar à ativa!! Rápido Tom, para o QG!!
TOM: Não é tão simples... Até porque agora aconteceram coisas estranhas até para nós... Mas acho que no QG encontraremos respostas! Para o QG!!!
LEO: Foi exatamente o que eu disse...
TOM: Pára de reclamar e me siga, Isauro!
LEO: ISAURO???

(Os dois chegam no local onde era o QG, mas não o encontram.)

TOM: Oxente, cadê?
LEO: Era para ser aqui, mas tem um clube no local...
TOM: vamos perguntar pra algum transeunte.
LEO: O que peste é isso?
TOM: Ai, Isauro ignorante...
LEO: EU NÃO SOU...
TOM: FICA QUIETO E ME SEGUE! (Pergunta para um dos pedestres) Com licença, senhor, mas aqui não era uma mansão misteriosa?
PEDESTRE: Era, mas já faz tempo que virou esse clube aí... Tem uns meses...
TOM: Obrigado...
LEO: É, parece que sem os vilões até o Diretor foi à falência...
TOM: Ótimo, agora não temos nem como saber o que é isso...
LEO: O que faremos, então??
TOM: Se esse aparelho chegou até nós dois, talvez tenha chegado algum outro para os Culture Rangers antigos... Vamos procurá-los!
LEO: Tem idéia de onde eles estejam?
TOM: Eu tenho os telefones do Cotó, do TH, da Nanda e do Rodrigo... Quer dizer, da Nanda, não mais, que ela se mudou pra Aracaju...
LEO: Tem um orelhão alí, vamos ligar para eles...

(...)

TOM: Então, aonde ele está? Pajuçara? OK, obrigado, e desculpe...
LEO: E então?
TOM: Bem, depois da mãe do Fabinho me dar a maior bronca por ligar a cobrar...
LEO: Eu te avisei...
TOM: Você não tinha nenhum cartão, seu pobre esmolé!
LEO: Nem você... tudo eu!
TOM: OK, OK, sem discussões, agora... Ela disse que o Cotó tá na Pajuçara.
LEO: Na praia??
TOM: Não, o parque de diversões... ÓBVIO QUE É A PRAIA!!!
LEO: Ok, vamos para lá então!!


(Pajuçara)

TOM: Agora temos que encontrá-lo...
FABINHO: Tom! Leo! Aqui!

(Aparecem Fabinho e TH)

LEO: Ih, alah o TH, também??
TH: Hehe... Estava de folga na empresa e vim descansar em Maceió.
LEO: Empresa??? Folga??? Ele se deu bem!!
FABINHO: Acabei encontrando o TH, e agora vocês dois.
TH: Que coincidência!
TOM: Não é coincidência...
FABINHO: Já sei o que houve...
TOM: Sabe???
FABINHO: Claro! Já se esqueceu que eu sou um bruxo?
TH: Estou boiando...
LEO: Bem...

(Leo e Tom contaram para TH sobre o ocorrido)

TH: Parece que o mundo está correndo perigo novamente... E agora temos que achar o Diretor para contar a ele...
TOM: Sim, mas não temos nenhuma pista de onde ele esteja...
FABINHO: Eu também não consigo sentir a presença dele em lugar algum... AI!
LEO: O que foi, cara??
FABINHO: Senti uma presença muito forte aqui... Como a presença que senti quando o Tom encontrou aquele troço...
TOM: Eu é que fui encontrado por ele...
TH: Será um outro troço???

(Eles vêem um surfista comemorando na beira da praia)

BELIBE DYLONGUE: Pela musa do chapão!!! Mim achou!!! A minha musa vai ficar muito contente, véi!!!
LEO: É o Belibe Dylongue!! E ele está com um TROÇO!
FABINHO: Isso não é bom sinal...
TOM: Belibe Dylongue! Solte isso, JÁ!!! Ou a gente te prende de novo, que nem na primeira temporada!
BELIBE: Olha se não são os Culture Brôus!! Tão procurando isso, véi?? (Mostrando o troço) Eu achei no fundo do mar!! E ele é meu!! Hahahahaha!!
TH: Não vamos permitir!!
BELIBE: E o que vocês vão fazer??
JEFF: Ventania!!!

(Nesse momento Belibe é arremessado por uma forte ventania, deixando o troço cair no chão)

TOM: É o Jeff!!!
LEO: Que MARA!! (Ladyr Feelings, ay, ay... S2)
JEFF: E aí, amigos?

(TH rapidamente pega o objeto, de cor verde, que brilha em suas mãos e desaparece)

BELIBE: O que você fez??
TH: Belibe Dylongue... Vai cantar mal assim com Netuno!!! Fúria de Netuno!!!
BELIBE: Nãaaaaoo!!!

(Uma onda puxa Belibe para um enorme rodamoinho que se formou no meio do mar)

LEO: O TH...
FABINHO: O TH conseguiu os poderes do troço!!
TOM: Massa! E parece que o Jeff também tem poderes agora!

(De repente, uma luz brilha na frente de TH, materializando um aparelho verde semelhante ao de Tom)

JEFF: Mais dois morfadores!!
TOM: Jeff, menino, como conseguiu os poderes?
JEFF: Bem, eu estava filmando o meu programa sobre esportes radicais na televisão e acabei encontrando um troço nas montanhas...
LEO: Programa??? Ele também se deu bem!!
TH: O JEFF fazendo programa de esportes?
JEFF: E também consegui isso!!! (Mostra um aparelho roxo)
TOM: Morfador?

(Todos da praia olhavam para os amigos desesperados)

LEO: Também teremos que apagar as memórias dele...
JEFF: Deixa comigo!

(Ele aperta um botão e a bolha iluminada surge cobrindo toda a praia. Logo, todos pareciam ter se esquecido do ocorrido)

TOM: Vixe, pelo visto, você andou pesquisando, hein?
JEFF: Sim hehe, e descobri muitas coisas legais que depois eu mostro.
FABINHO: Gente to sentindo uma energia conhecida... não sei bem o que é... porem é conhecida.
JEFF: Será que não é outro troço?
TH: Até agora, eu não gostei muito desse nome: TROÇO.
FABINHO: Não é uma energia diferente...
TOM: Sim, mas de qualquer jeito, não podemos ficar parados! Temos que encontrar o Diretor! O mundo precisa dos Culture Rangers, novamente!!!
TODOS: SIM!!!

(E assim os amigos saem em busca de respostas, rumo ao desconhecido...)

3 comentários:

  1. ESTAMOS DE VOLTAAAAAAAAAAAAA!!!
    VAMO QUE VAMO!!!

    ResponderExcluir
  2. ai que bom..
    adorei o post...saudades de vc´s

    ResponderExcluir
  3. Temoq continuar né...rs

    ResponderExcluir